quarta-feira, 2 de novembro de 2011

novembro.

teve o agosto ventoso e lindo. aí veio setembro trazendo a primavera e você. então outubro e todo o aconchego de te ter inteiro pra mim.

e agora é novembro, meu amor.
o fatídico e desastroso novembro. sabe-se lá trazendo o quê.

e eu só quero simplesmente dizer que te amo. independente do que aconteça nesse nosso novembro. independente do que nós formos daqui por diante. e que mesmo na bala, eu fui feliz. eu cobri meu coração com cimento bom e novo, e mal nenhum mais eu consigo te fazer, meu amor.

você já tomou conta de mim, afinal.
e de uma forma tão inevitável, que nem mesmo novembro pode destruir mais.

então. que venha novembro.



ele já não está mais aqui.
e ela já não está mais aqui.
hoje é só você e eu.  

4 comentários:

Mariana de O. C. disse...

não deixa as tradições do tempo destruirem isso. é bonito demais.

Jessie ❥ disse...

é lindo mesmo *-*

Marcelo R. Rezende disse...

Ai que fofo.
Espere de novembro o que ele puder dar. E só!

Suzi disse...

E todos estão apaixonados? Ah,não! Eu quero também!!