quinta-feira, 16 de setembro de 2010

18:18.

eu não terei coragem de me fazer ser vista tão explicitamente como eu fiz no passado, você faz sumir com todo o temor que existe dentro de mim, mas, nos teus braços, eu tenho um medo enorme de você me virar as costas, incontrolavelmente.
e nem disso eu posso ter alguma certeza; eu queria que tudo fosse natural e sincero, mas aonde fica a minha auto-proteção ?
auto-proteção, auto-proteção, auto-proteção...
ultimamente eu tenho falado demais nessa palavra; parece que eu estou adivinhando que você acabará com a minha recém adquirida, afinal.

só pare de me deixar na dúvida;
se há algo errado, por que você me dá tantos apelidos bregas e completamente fofos ?!
por que eu preciso tanto dos teus braços ao redor da minha cintura ?, eu consigo sentir os teus olhos me observando e na minha orelha eu já nem consigo tocar mais, só por favor faça eu parar de sentir tudo isso, certo ?

eu sempre terei saudades tuas e a impaciência, talvez eu nunca consiga controlar.

sobre você já há vários versos gastos, e hoje eu tomei um café pensando em você.

o teu top 5:
1- luz dos olhos, cássia eller;
2- nothing in my way, keane;
3- shooting the moon, ok go;
4- high and dry, radiohead;
5- secret smile, semisonic;



ps.: já ouviu falar que escritores são mentirosos ?, pois bem, eu sou o pior deles.
minha bipolaridade me ilude, e exagera e bagunça e desespera e, inevitavelmente, mente por mim; a verdade de hoje às vezes é a mentira de amanhã. e eu somente espero que você seja talvez uma verdade prolongada, a minha verdade prolongada, sempre.

e o 18:18 de hoje, eu dedico a você.

3 comentários:

bruna disse...

Talvez nem seja bipolaridade mas sim um sentimentos verdadeiro - talvez você só sinta as coisas intensamente, e isso é invejável.
Adorei aqui e quem nunca amou tanto que chega a dar medo? Só nao rola deixar o medo controlar tudo.
Vou seguir aqui
Beijos

Glecy disse...

Esse seu desespero e impaciência para mim já se tornaram normais.
Sua bipolaridade, é uma de suas características mais fortes.

E eu realmente acho que são elas a grande causadora desses seus posts maravilhosos.

Sim, uma ótima escritora. Que transmite a todos as suas emoções, com belas palavras, que nos conquista cada vez mais.

E realmente não me canso de ler e reler os seus posts, são ótimos. Continue escrevendo. Você é muito boa nisso, e evolui a cada nova atualização.

Evelyn Ceinwyn . disse...

''eu sempre terei saudades tuas e a impaciência, talvez eu nunca consiga controlar.
sobre você já há vários versos gastos, e hoje eu tomei um café pensando em você.''

Versos gastos, cafés pela metade da xícara, quase cheia, ou quase vazia?
e talvez tu esteja como a xícara de café, quse cheia de sentimentos, quase vazia de solidão, e este instande extremo de sentimentos bons fluindo e embaraçando a mente, é talvez a melhor parte de uma parte da vida.
invejável. uma inveja boa, que quer que tu siga emfrente e conte cada vez mais os belos apices dessa história.

Lindo Veronica, definitivamente!
nunca me arrependo de vir aqui! NUNCA.

Beijos.