quinta-feira, 8 de julho de 2010

meu improvável verão.

eu vislumbrei um curto período de verão, num dia excepcionalmente nublado e frio. e apesar de não gostar do calor, eu simplesmente viciei na sensação que são aqueles pequenos sóis me iluminando.

Um comentário:

Fernanda Hauptmann disse...

Seus sóis, os olhos dele. Um verão inteiro em 10 segundos, uma vida inteira só pra lembrar.

Poxa, divulgue essa merda aqui Verônica! Você escreve bem :)