terça-feira, 14 de junho de 2011

1!

no dia 14 de junho de 2010 resolvi oficializar meus parágrafos desesperados de amor: há 1 ano que eu venho escancarando minhas dores, publicando minhas loucuras, revelando meus pensamentos, dando a alma a tapa – 365 dias de garota definitivamente pegando fogo.
e no meio de todas os agradecimentos que eu poderia fazer neste dia, das minhas amigas que me aconselharam a publicar meus textos aos caras por quem eu perdidamente me apaixonei fazendo render todos os posts daqui, eu queria mandar um imenso obrigado aos meus leitores – apelando deslavadamente pro clichê: sem vocês isso aqui não seria nada.
assim. obrigada pela compreensão, pela empatia, pelos comentários, pelos conselhos, por simplesmente existirem na minha vida, seus lindos; quando a vida anda meio intratável, são vocês que às vezes me salvam de literalmente pirar, e a única coisa que me resta é rezar pra que a paciência de vocês seja infinita pra que nunca parem de vir aqui, no meu cantinho de auto-ajuda, terapia, penico ou qualquer coisa assim.

então é isso aí. 1 ano de blog: vamos torcer pra que o rock’n roll da minha vida continue e acabe rendendo mais um monte destes disparates líricos que eu tanto vomito por aqui. como dizia as sábias palavras: ao infinito e além.

4 comentários:

Ilzy Sousa disse...

Venho aqui reivindicar meu titulo de leitora que mais ama no mundo esse blog ♥.♥ ok, to brincando, eu divido meu titulo com todo mundo xD

Caramba, um ano!
Nem sei dizer se te parabenizo ou se te agradeço, acho que os dois. Obrigada por escancarar a sua e a minha alma aqui no decorrer dessas linhas. A cada nosso texto, eu ainda sinto a mesma sensação de quando li tudo isso aqui pela primeira vez.

Acho que tem amor em mim pra vida toda, tanto pra ti, quando pros teus textos, minha V.

Parabéns ;)

Marcelo R. Rezende disse...

Verônica, Verônica.
Eu queria te dizer parabéns, mas a minha mão está tremendo. Queria te desejar muitos anos mais de escrevências, mas não sei de mais nada. Eu só sei que encontrei, certa feita seu blog, e me apaixonei.
Sua escrita única, seu jeito de dizer o que o coração diz sem ter palavras, seus olhos que eu não conheço, mas os vejo nitidamente e o teu choro que eu compartilho. Choro contigo muito, nossos rímeis borram num compasso muito igual.


Um beijo em você,
desejo muito mais de ti em mim.

Isabela Nunes Costa disse...

Me sinto até arrependida de não ter visto o teu blog antes! Conheci ele no começo desse ano e não há um dia em que eu não me lembre de um texto teu, ou de algumas frases que fazem com que eu me sinta de frente a um espelho.
Tua maneira de escrever, sem ser literal e ao mesmo tempo sendo tão profunda, me conquistou desde o primeiro dia em que eu visitei esse lugar mais que especial.
Enfim, continue a me impressionar com a tua escrita maravilhosamente inexplicável.
E que você continue a pegar fogo, sempre e sempre,compartilhando a tua essência aqui.

Mariana de O. C. disse...

hmmmmm, arrepiei aqui. também me arrependo de não ter te achado antes hahahah, e como a ilzy disse, te agradeço e te parabenizo, por, além de me presentear com palavras, me abrir novas perspectivas. ja conheci bastante gente através da internet, e nem chego a ser considerada 'sua amiga', mas me sinto extremamente perto quando te leio. que venham mais 10832187318309784 anos pra você, Verônica.